Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Aqui, sem ti

Aqui, sem ti

Aqui, contigo?

"Tu" do passado... Eu sei que vais voltar, eu sei que vais tentar voltar ao nosso ciclo vicioso, vais tentar que eu caia outra vez, e no fim vais desaparecer como sempre fizeste, ias-me deixar devastada se isso acontecesse. O único problema é que eu por ti já nao caio, já não sinto, nada. E acredita que eu gostei muito de ti, eu fazia tudo por ti, e tu nada por mim.. Nunca me apercebi disso, nunca me apercebi de que tu eras o problema, eras o veneno que me destruia por dentro. Levaste um padacinho de mim, que era grande, mas agora é pequeno, foi diminuindo desde que alguém me ajudou a juntar tudo, todos os pedacinhos pequeninos dentro de mim.
"Tu" do passado, acabaste de dar um sinal de que vens aí.. E todas as pessoas me perguntam: Porque é que isso te afecta tanto? E eu respondo: Afecta porque ele faz parte da minha vida, ele foi uma parte importante de mim, por muito que me tenha magoado ele fez-me crescer, este foi dos únicos pontos positivos que ele teve na minha vida. 
Mas podes voltar, eu agora nao te quero, e ja te quis tanto, mas isso mudou, tudo muda.. Agora tenho uma pessoa muito mais importante que tu, que me faz sentir tão bem, e acredita que "tu" nunca me fizeste sentir metade do que ele me faz sentir. 
Vou te ignorar, vou te fazer crescer mesmo sem te dizer nada, vais ver que já nao te caio aos pés, já não sou aquela menina que te adorava, que te entregou o coração e tu o deitaste fora como se nao fosse nada. 
As pessoas têm sentimentos.
Eu tenho sentimentos.
Aprendi tanto contigo.
Obrigada.
Agora contigo "tu" do presente... tu já sabes tudo, continuo frágil e nunca o vou deixar de ser, e só te peço que não venhas a ser um ciclo vicioso, como ele foi. 
Tudo o que te digo é a sério, e olha para mim, também me magoaram e eu confio em ti, nao é pelas coisas do passado nao terem dado certo que o futuro vai ser igual, mas a incerteza mata não é? Eu sei..
É impressionante como eu nao consigo escrever muito sobre ti, e não sei porque..
Adoro-te.
Não te preocupes se ele vier, eu agora estou aqui, contigo.